sábado, 12 de janeiro de 2019

Governo vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Mais de dois milhões de benefícios previdenciários com indícios de fraudes serão alvo de um novo pente-fino que o governo federal fará ainda este ano em todo o país. Nesse contingente estão incluídos pensões por morte, aposentadorias rurais e auxílios-reclusão, que segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, precisam ser passados a limpo. Para que isso ocorra, o presidente Jair Bolsonaro assinará até segunda-feira medida provisória com mecanismos para combater irregularidades no INSS e também "aperfeiçoar" a validação de benefícios concedidos.

Conforme o secretário, relatórios anteriores do Tribunal de Contas da União (TCU) mostram incidência de 16% a 30% de fraudes nos benefícios pagos pela Previdência. O novo pente-fino deve começar assim que a MP for publicada no DO da União. As regras valerão para quem está e para os segurados que entrarem no sistema. O texto da MP foi apresentado a Bolsonaro e está em fase de análise jurídica pela Casa Civil.

(com Agências)