segunda-feira, 10 de julho de 2017

Renan ataca Temer de novo e diz que agenda “exagerada” de reformas é “ilegítima”

O senador Renan Calheiros (PMDB) não para de disparar críticas contra o governo de Michel Temer, de quem já foi grande aliado. Em vídeo postado no Facebook, Renan fala em agenda exagerada de reformas e diz que esta agenda é “ilegítima”. Renan tem afirmado que as reformas não serão aprovadas no Senado.

“Essa agenda exagerada de reformas contra o povo parece ilegítima porque não foi discutida na eleição que elegeu Temer vice-presidente. Os entusiastas terão tempo para refletir até a votação”, diz Calheiros no vídeo.

Renan também tem trabalhado na Câmara para conseguir os votos necessários para que a denúncias contra Temer seja admitida. Renan alega que as movimentações do governo para evitar um revés na Casa Legislativa beiram a obstrução da Justiça. “O governo restringiu sua articulação com o Congresso a um mero fisiologismo de último grau. Está cada dia pior”, diz. Para complementar: “Ele deveria ter a grandeza de antecipar a eleição”.

Renan, que deixou a liderança do PMDB na semana passada, prossegue: “Está ficando difícil proteger um governo que parece insustentável. É um ônus muito grande para qualquer um carregar”.

(com informações Brasil 247)