sexta-feira, 7 de julho de 2017

Operação ‘Cui Bono’- Gedel garante que nada obstruiu

O ex-ministro nos governos Dilma e Temer, Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), prestou depoimento já com a cabeça raspada no presídio da Papuda e repudiou, "com veemência", as suspeitas da Procuradoria de que pressionou investigados ou tentou embaraçar a Justiça, durante audiência de custódia de sua prisão, realizada nessa quinta-feira (06).

O encarceramento do peemedebista foi decretado pelo juiz federal Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara de Brasília, no âmbito da Operação ‘Cui Bono?’. Ele é acusado de atrapalhar investigações e de tentar evitar que Eduardo Cunha, condenado a 15 anos na Lava Jato, e o doleiro Lúcio Funaro façam delação premiada.

(com informações do Diário do Poder/ BSB)