terça-feira, 20 de junho de 2017

Sem prestígio, Temer recebe poucos convites de chefes de Estado

O presidente Michel Temer embarcou nessa segunda-­feira (19), para uma viagem à Rússia e à Noruega na condição de um dos líderes mais enfraquecidos da história do Brasil em termos de política externa. 

Temer conta com pouquíssimos convites de viagem para encontros com chefes de Estado que, aparentemente, esperam que os problemas internos se resolvam. Existe o receio de que o investimento em uma relação política com o governo brasileiro seja de curtíssimo prazo.

Com a agenda esvaziada, a expectativa é que os acordos a serem firmados com esses países sejam preparados para a assinatura dos dois mandatários durante a visita teria caído pela metade. Temer teve reuniões na Rússia nesta terça-feira (20), e amanhã na  quarta­feira (21). 

(com informações d' O Globo)