sexta-feira, 2 de junho de 2017

Renan usa propaganda do PMDB para desqualificar reformas da gestão Temer

Não é que o líder do PMDB no Senado seja mentiroso. Renan Calheiros apenas se tornou um político de verdades múltiplas. Em Brasília, sempre que ameaçam destitui-lo da liderança, acena com a possibilidade de divergir menos dos seus liderados e do governo do correligionário Michel Temer. Em Alagoas, utiliza a vitrine da propaganda partidária na tevê para exercitar seu esporte predileto: tiro às reformas de Temer. Assista no vídeo (AQUI)

Com 22 senadores, a bancada do PMDB reuniu-se novamente com Renan, na noite desta terça-feira, para supostamente enquadrá-lo. Esfregou-se no nariz do líder uma maioria de 17 a 5 entre os seus liderados a favor de Temer e da reforma trabalhista, na bica de ser votada no Senado.  No vídeo abaixo, você assiste à declaração feita por Renan na saída do encontro.

“Eu acho que as reformas, na medida em que foram enviadas, são exageradas”, disse o senador. “Hoje, no entanto, a bancada reunida demonstrou que há uma evidente maioria a favor da reforma trabalhista. Mas não há unanimidade. O que é o líder? O líder é o que interpreta a posição da maioria da bancada.”

Ficou entendido que Renan finge representar a maioria dos senadores peemedebistas e seus liderados fingem que acreditam. Michel Temer e seus operadores políticos bem que poderiam dispensar as ameaças de desligar Renan da tomada. Sob pena de provocar uma epidemia de gargalhadas no país. Como costuma dizer Renan em privado, é mais fácil Temer cair antes dele.

(com informações do Blog do Josias de Souza)