sábado, 10 de junho de 2017

Pesquisa indica que namorados vão presentear com roupas e curtir noite em casa

As vendas para o Dia dos Namorados devem injetar R$ 11,5 bilhões na economia em todo o país, segundo levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). De acordo com a pesquisa, 61% dos brasileiros, cerca de 92 milhões de pessoas, presentearão alguém no próximo dia 12 de junho.

Segundo o levantamento, os presentes mais procurados por quem vai presentear serão as roupas (30%), perfumes, cosméticos e maquiagem (18%), calçados (11%), acessórios como cinto, óculos e bolsas (9%), flores (7%), bombons e chocolates (5%), jantares (4%) e celulares e smartphones (3%). Os presentes que as pessoas mais gostariam de receber ficam na mesma ordem: roupas (23%), perfumes (15%), calçados (10%) e acessórios (9%).

Os shopping centers estão no destaque como os principais locais de compras, com a preferência de 32% dos entrevistados. As lojas de rua (22%), shoppings populares (10%), lojas de departamento (7%) e lojas online (4%) aparecem em seguida. Para escolher o local, os fatores mais decisivos são o preço (56%), a qualidade dos produtos ofertados (37%) e as promoções e descontos (32%). Cerca de 36% pretendem fazer as compras de última hora.

A maior parte dos entrevistados (37%) pretende comemorar a data em sua própria casa. A comemoração em restaurantes foi a opção escolhida por 22% dos entrevistados e 8% vão optar pela casa do namorado(a). Dois em cada dez entrevistados (19%) ainda não sabem ou não decidiram onde vão celebrar a data.

Fonte: Blog do Roberto Moreira