sábado, 24 de junho de 2017

Pesquisa do DNIT vai ouvir mais de 500 mil motoristas sobre condições das rodovias federais

A partir da meia noite do dia 1º de julho até o dia 7, condutores de veículos que passarem pelas das principais rodovias federais do país serão alvo da Pesquisa de Origem e Destino, do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A ação, que vai levantar um diagnóstico socioeconômico das viagens nas rodovias federais, é a terceira etapa da pesquisa realizada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Comando de Operações Terrestres do Exército Brasileiro (Coter).

Ao todo, 5 mil militares do Exército estarão posicionados em 123 postos das rodovias federais de 24 estados – com exceção do Amazonas, Roraima e Amapá – para aplicar um questionário aos motoristas de veículos de passeio e de carga sobre os motivos da viagem e as condições das estradas. Entre as principais rodovias da operação, estão a BR-116, BR-101, BR-153, BR-163 e BR-364. As coletas das informações acontecerão simultaneamente nas localizações disponíveis nos mapas do PNCT (Plano Nacional de Contagem de Tráfego). A pesquisa é voluntária e será feita por amostragem, de forma aleatória, por tipo de veículo. Toda a metodologia e tratamento dos dados sobre o fluxo de veículos são realizados pela UFRJ

Fonte: Blog do Roberto Moreira