segunda-feira, 19 de junho de 2017

Mesmo com receio de panelaço, Temer avalia pronunciamento na TV

O presidente Michel Temer discutiu com auxiliares nesse domingo se a mensagem que gravou no Palácio da Alvorada pode ser transmitida em pronunciamento nacional de TV e rádio. Ministros advertiram para o risco de panelaços, mas Temer prefere que a gravação seja transmitida na TV - e não nas redes sociais, como foi divulgado no domingo.

Temer ainda não bateu o martelo, e avalia o desgaste com a transmissão em TV e rádio de sua fala, que foi gravada na biblioteca do Palácio da Alvorada.  A gravação que o presidente Michel Temer fez, antecipada pela GloboNews, tem uma mensagem sobre economia e um recado a Joesley Batista.
  
A linha do discurso de Temer deve ser que criminosos não sairão impunes e serão responsabilizados pelos atos ilícitos que praticam. A fala é uma mensagem a Joesley Batista, que acusou Temer de chefiar a maior organização criminosa do Brasil. Para Temer, Joesley aponta o dedo a outros para fugir da punição. O Palácio do Planalto avalia que a melhor estratégia é colar o discurso de que, após a delação premiada, os irmãos Batista não cumpriram pena em prisão.
  
Também na fala que será divulgada nesta segunda, Temer falará da viagem à Rússia e fará um balanço sobre medidas do governo.  O presidente quer reforçar que a gestão dele tem a "missão" de criar empregos.

(com informações do Portal G1)