segunda-feira, 26 de junho de 2017

Em novo relatório, PF diz que Temer obstruiu a Justiça

A Polícia Federal concluiu nesta segunda-feira que o presidente Michel Temer praticou o crime de obstrução de Justiça ao “incentivar” a manutenção de “pagamentos ilegítimos” ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) pela JBS e por não ter acionado as autoridades competentes quando ouviu o empresário Joesley Batista dizer que estava comprando procuradores e juízes. As constatações se basearam no laudo do áudio da conversa travada entre Joesley e Temer no dia 7 de março, no Palácio do Jaburu.

Fonte: Veja.com