terça-feira, 20 de junho de 2017

Comissão rejeita proposta de reforma trabalhista no Senado

A proposta de reforma trabalhista  defendida pelo governo Michel Temer foi rejeitada nessa terça-feira (20) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado. Os integrantes do colegiado reprovaram, por 10 votos a 9, o relatório elaborado pelo senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES).

Apesar da rejeição, a reforma trabalhista continuará tramitando no Senado e o texto deve ser lido nesta quarta-feira (21) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), conforme combinado pelos líderes dos partidos no início do mês.

A CCJ consiste na terceira e derradeira etapa antes de o texto ir ao plenário, o que poderá ocorrer a partir do dia 28 deste mês, segundo o cronograma anunciado pelo líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (PMDB-RR). Antes de ser rejeitado pela CAS, o relatório da reforma havia sido aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). O texto mantém a essência da proposta anteriormente aprovada pela Câmara dos Deputados.

(com informações do R7.com)