quarta-feira, 14 de junho de 2017

Aécio recebe aplausos em reunião dos tucanos

Denunciado pela PGR pelos crimes de corrupção passiva e obstrução à Justiça, Aécio Neves não participou da reunião do PSDB, mas recebeu apoio dos colegas. Tucanos aplaudiram a fala do governador de Goiás, Marconi Perillo, que saiu em sua defesa. “Hoje tentam transformar Aécio num vilão. Mas ele levantou a autoestima dos mineiros como governador. Não é por conta de uma cilada covarde de um delator que vamos deixar de reconhecer o que esses homens fizeram por Minas Gerais”, disse, citando ainda o senador Antonio Anastasia.

Ficha corrida. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pede a prisão de Aécio, investigado em ao menos oito inquéritos. Andréa Neves e Frederico Pacheco, irmã e primo do tucano, estão presos acusados de negociar e receber propina em nome dele. No Senado, a REDE e o PSOL pedem a cassação dele no Conselho de Ética do Senado.

Fonte: Estadão