quinta-feira, 8 de junho de 2017

A serviço de Temer, Eunicio admite possibilidade de acelerar reforma trabalhista

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), admitiu a possibilidade, nesta quarta-feira, de acelerar a tramitação da reforma trabalhista, como quer o governo. Ele não se opôs à eventual aprovação de um requerimento de urgência para que a matéria não passe pela Comissão de Constituição e Justiça.

- A CCJ não é mérito, é constitucionalidade. Para a constitucionalidade pode ser nomeado um relator de plenário - afirmou ele.

O presidente do Senado disse fazer questão somente que a reforma trabalhista passe pela segunda comissão de mérito, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS). A proposta foi aprovada nesta terça-feira na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

- Se tiver algum requerimento de urgência, eu vou pedir paciência para que votemos essa matéria pelo menos na outra comissão de mérito, para trazermos para o plenário - disse Eunício.

Fonte: O Globo