domingo, 28 de maio de 2017

Temer e o efeito JBS uma aprovação que foi pro brejo

Uma pesquisa de avaliação do governo Temer, feita já pós-delação da JBS em Sergipe, revelou que o “ótimo” e o “bom” do presidente somaram magros 6,3%, de acordo com levantamento inédito da Paraná Pesquisas, divulgado, na última sexta-feira (26), a soma do “ruim” com o “péssimo” bateu os 75,5%, de acordo com a pesquisa feita entre os dias 18 e 22 deste mês.

Mais: 56,1% dos entrevistados disseram que o governo Temer é pior do que o de Dilma.

(com informações d’ O Globo)