quarta-feira, 31 de maio de 2017

Pré-campanha está liberada em redes sociais e pela imprensa

Desde as eleições de 2016, os políticos podem se apresentar como pré-candidatos sem que isso configure propaganda eleitoral antecipada, mas desde que não haja pedido explícito de voto.

A nova regra está prevista na Reforma Eleitoral 2015, que também permite que os pré-candidatos divulguem posições pessoais sobre questões políticas e possam ter suas qualidades exaltadas, inclusive em redes sociais ou em eventos com cobertura da imprensa.

(com informações do Blog Sobral de Prima)