quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Sem Castelão, finais do Cearense podem acontecer no Interior. Juncão pode ser palco.

Após acessos e rebaixamentos de última hora, mais uma polêmica toma de conta do Campeonato Cearense de 2017. Na última segunda-feira (6), a Federação Cearense de Futebol (FCF) foi noticiada pela Luarenas, administradora da Arena Castelão, que a praça desportiva foi alugada para a Social Music, empresa que realiza o evento musical 'Garota Vip', comandado por Wesley Safadão.

Por conta do show, o estádio estará indisponível para a realização de jogos no período de 24 de abril até 03 de maio de 2017. Contudo, as finais do Estadual têm confrontos marcados para os dias 30 de abril e 03 de maio, chocando datas com o evento.
Caso o Castelão não possa ser utilizado, a FCF terá de escolher um novo local para as partidas, mas no regulamento específico do certame, apenas estádios com capacidade mínima de 7 mil pessoas podem sediar os duelos nas fases de seminal e final.

Logo, sem poder contar com o Estádio Presidente Vargas, que não possui data para retorno das atividades, apenas o Junco, em Sobral, o Romeirão, em Juazeiro do Norte e o Domingão, em Horizonte, poderiam ser utilizados.

Além da decisão do Cearense 2017, o evento musical ainda poderia atrapalhar uma possível semifinal da Copa do Nordeste realizada em Fortaleza, já que os duelos pela seguinte fase do Nordestão acontecem nos dias 23 e 26 de abril.

'Injustificável'
Segundo a FCF, é injustificável por parte de um estádio de futebol a atitude de marcar um show no mesmo período de jogos tão importantes dentro do cenário local. Ainda de acordo com a entidade, serão feitos esforços para tentar diminuir o tempo de aluguel previsto para a realização do evento.

A assessoria de comunicação da Luarenas afirmou que o envio do ofício para a FCF aconteceu com três meses de antecedência da data do evento musical.

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário