domingo, 5 de fevereiro de 2017

Em busca de espaço e poder, senador José Pimentel, do PT, se entrega a Eunicio e ao PMDB

Na véspera da eleição da Mesa Diretora do Senado, as excelências andavam desconfiadas até da própria sombra. Embora um acordo assegurasse a primeira secretaria a José Pimentel, nada o convencia de que deveria relaxar. E tinha razão, segundo informa a Coluna Radar, da Veja Online.

Ele ligou para os colegas pedindo apoio e, numa dessas conversas, descobriu que o alagoano Benedito de Lira iria espanar o que estava acertado e disputar a cadeira. Por pouco, o caldo não entornou e encharcou as pretensões do PT de ocupar uma vaguinha na Mesa.

A pendenga só foi resolvida depois que o agora presidente, Eunício Oliveira, entrou o circuito e garantiu o espaço ao petista.