segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Deputados brigam por gabinetes na Assembleia Legislativa

Segue o impasse entre os deputados recém-empossados membros da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa e aqueles que perderam espaço no colegiado. Enquanto Augusta Brito (PCdoB) e Julinho (PDT) reclamam o uso de gabinetes, hoje, utilizados por Joaquim Noronha (PRP) e Danniel Oliveira (PMDB), esses não querem deixar seus locais de trabalho.

A reclamação já foi enviada para o presidente Zezinho Albuquerque (PDT) e até o momento nada foi feito. Não existe no Regimento Interno da Casa nenhuma regra que trata sobre o uso de gabinetes por parlamentares da Mesa Diretora, mas Julinho e Augusta Brito querem fazer uso dos locais que até dezembro passado serviram de local de trabalho para Noronha e Oliveira, que não fazem mais parte da Mesa.

Além de Augusta Brito e Julinho, a nova Mesa Diretora é composta por Zezinho Albuquerque, Tin Gomes (PHS), Audic Mota, João Jaime (DEM) e Manoel Duca (PDT).  Audic Mota, agora na primeira-secretaria, não teve problemas com Sérgio Aguiar (PDT) – que foi primeiro-secretário até o ano passado – e seu material de trabalho já está devidamente instalado  na sua sala desde o mês passado.

Os demais membros da Mesa Diretora não quiseram fazer mudança dos espaços, uma vez que se mantêm no colegiado, mudando apenas algumas posições. Já Augusta Brito e Julinho reclamam gabinetes melhores, que segundo eles, deveriam pertencer à Mesa e não aos deputados.

Fonte: Blog do Edison Silva | DN

Postar um comentário