quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Prefeito de Reriutaba negocia débito de R$ 124 mil em conta de energia deixadas pelo antecessor

A prefeitura de Reriutaba, na zona norte do Estado, está com débitos relativos à energia elétrica que ameaçam o corte em prédios geridos pelos municípios e na própria iluminação pública. De acordo com o prefeito de Reriutaba, Osvaldo Neto (PDT), que assumiu no dia 1º de janeiro, a gestão anterior deixou um débito de R$ 124.442,80 de energia elétrica.

Segundo o mandatário, "já existiam relatos durante a transição de cortes em alguns prédios públicos", como o Ginásio da E.E.F. Centro de Educação Rural (CERU) e o Posto de Saúde de Primeira Várzea. Segundo Osvaldo, "a Prefeitura não poderia fazer ligação nos meses anteriores por conta do débito ser constante".

Osvaldo Neto afirmou que o processo para regularização do município já se iniciou. "Estamos negociando para poder tomar pé da situação porque além dessa divida, temos o custo mensal, e energia elétrica é uma coisa essencial para o funcionamento da Prefeitura", comentou. A expectativa é de que o parcelamento da dívida possa ser feito durante um ano.

Postar um comentário