terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Leônidas Cristino diz que PDT não apoia, para presidir a Câmara, candidato que votou pelo impeachment

O deputado federal Leônidas Cristino diz que se sente confortável com a atitude de coerência do seu partido, o PDT, na próxima eleição da Mesa Diretora da Câmara, agendada para quinta-feira (dia 2). A escolha do deputado André Figueiredo para candidato – ele preside a sigla no Ceará -, segundo o parlamentar, “marca posição do PDT no campo de centro esquerda”.

“O PDT se posicionou pela permanência de uma presidente legitimamente eleita”, lembrou Leônidas Cristino. O deputado afirmou que seu partido não segue nenhum dos candidatos pró-impeachment à presidência da Câmara. Citou Jovair Arantes (PTB-GO), relator do processo de impeachment e Rodrigo Maia” do DEM (RJ), “partido que trabalhou para solapar o mandato de Dilma Rousseff”, e tenta a reeleição.

Fonte: Blog do Roberto Moreira

Postar um comentário