sábado, 7 de janeiro de 2017

Homem é preso em Martinópole após violar cova de ex-prefeito para 'provar' paternidade

Um homem de 25 anos foi preso após violar a sepultura de um ex-prefeito da cidade de Martinópole, no interior do Ceará. Segundo a polícia, o suspeito alegou que queria "provar" que era filho ex-prefeito.

O homem foi preso na segunda-feira (2), após a polícia receber uma denúncia de moradores. O homem havia retirado os restos mortais do ex-prefeito e de um outro túmulo. A polícia apreendeu parte dos ossos que estavam em um saco plástico.

O suspeito foi levado para a Delegacia Municipal de Uruoca e depois levado para a Delegacia de Sobral, onde está detido. O homem foi autuado em flagrante pelo crime de "Violar ou profanar sepultura ou urna funerária", com base no artigo 210 do código penal. A pena prevista é reclusão de um a três anos, e multa.

Fonte: G1

Postar um comentário