terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Câmara de Sobral não precisa cair no ridículo por questões políticas

O Projeto de Lei do Executivo Municipal de Sobral, lido na Sessão Extraordinária desta segunda-feira (30), na Câmara de Vereadores, atende rigorosamente os anseios de muitos sobralenses: austeridade fiscal e contemplação dos interesses sociais, especialmente dos mais necessitados. Estes dois motivos já seriam suficientes para contar com o apoio de todos os 21 vereadores sobralenses, que independente de posições partidárias devem trabalhar pelo coletivo.

A mensagem do prefeito Ivo Gomes (PDT) é austera - com extinção de cargos comissionados e funções administrativas – gerando uma significativa redução no custeio da Gestão, possibilitando investimentos que contemplarão diretamente os cidadãos sobralenses.

Os vereadores faltosos a sessão de ontem, poderiam se redimir com a população e acompanhar o projeto que carrega anseios sociais, ao invés de passarem a imagem de que não querem comparecer uma reunião de poucas horas, para votar favorável ao povo de Sobral.

(com informações do Blog Sobral de Prima)