sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Educação de Sobral encerra o ano como a melhor do País

Há pouco mais de dois anos, o supervisor de operações Eduardo Santos deixou São Paulo e veio para o Nordeste em busca de oportunidade. Após conseguir voltar ao mercado de trabalho, por meio de uma das maiores empresas de calçados do Brasil, instalada na cidade, matriculou os dois filhos numa escola particular, mas não eles não tiveram a evolução esperada.

O casal resolveu matricular os filhos na rede pública de ensino e se surpreendeu com os resultados. "Matriculei o Lucas na Escola José da Matta e, em dois meses, ele já sabia ler e escrever. Logo que ele chegou lá, foi preparado com uma dedicação quase que exclusiva, até que pudesse estar no mesmo nível do grupo. Hoje, é o primeiro da sala, com excelentes notas. A mais velha, que está no Ensino Médio, também tem se destacado na Escola Netinha Castelo", comemora, não apenas pelo desempenho dos filhos, mas pela economia.

"Sobral tem se mostrado sempre à frente das metas nacionais. Essa evolução mostra o quanto esse projeto tem sido fundamental para alcançarmos a excelência", diz o diretor, Domingos Sávio Ferreira Sousa. Segundo levantamento da Secretaria de Educação, na pré-escola, o município subiu de 95,75% para 98,85%, universalizando, assim, o atendimento das crianças de 4 a 5 anos.

(com informações do Diário do Nordeste)

Postar um comentário