segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Cid e Ciro Gomes estariam deixando o PSB?

O governador Cid Gomes e o deputado federal Ciro Gomes estariam deixando o PSB e migrando para o PRB. Essa mudança partidária foi anunciada neste final de semana em matérias publicadas nas duas principais revistas nacionais, a Veja e a Época.
Em Brasília, há um mantra seguido pelos políticos: jabuti não sobe em árvore. Ciente dessa verdade há a necessidade de uma pergunta: quem repassou essa mesma notícia sobre o destino políticos dos irmãos Ferreira Gomes para as duas maiores revistas do Brasil?
A resposta deve excluir o governador Cid Gomes e seu irmão Ciro que estão em rota de colisão com Veja. Então, as suspeitas recaem em políticos do PSB que teriam interesse na saída de Cid e Ciro do atual partido deles. Ou a última opção, o vazamento seria de políticos que foram informados de movimentação de Cid e Ciro Gomes rumo ao PRB e teriam divulgado para criar constrangimentos visando acelerar ou impedir a saída deles.
Somente com um posicionamento do governador Cid Gomes e de seu irmão Ciro Gomes a verdade irá ser conhecida. Contudo, pelos indícios levados à imprensa fica claro que a relação entre os caciques do PSB cearense com o presidente nacional da sigla, o pernambucano Eduardo Campos mostra claros sinais de uma relação em crise.

Fonte: Ceará Agora

5 comentários:

Anônimo disse...

E ainda resta algum partido pelo qual o Ciro ainda não tenha passado? Esse troca mais partido do que de roupa. Coerência mandou um abraço ao irmãos Feirra Gomes. Pouco fisiologistas, hein!?

Anônimo disse...

Não entendo prq os Ferreira Gomes nào lançam logo um partido prórpio! Ficar dependendo da vontade dos outros é o fim da picada! Vão ficar reféns em todo canto! parece que não usam a inteligência em determinadas situações!

Anônimo disse...

Pra quem sempre presou pela fidelidade partidária como os "donos do mundo", muito me admira essa mudança de partido, pois desde que o mundo é mundo, eles nunca haviam mudado de partido. ARENA, PDS, PMDB, PSDB, PPS, PSB e agora PRB. O problema todo é que por onde eles passam a sujeira vai ficando. O último foi o PSB onde até antes da entrada deles era tido como um partido de gente séria, quando os mesmos entraram, as pessoas sérias sairam de lá indo pra outros partidos.

Anônimo disse...

O PSB não agiu corretamente com o grupo cearense, notadamente com o CIRO, até então a maior estrela do partido. Tudo por conta da vaidade do governador pernambucano, que já vislumbra ser o vice de Lula em 2014 e age pra tirar Ciro do caminho; então nada mais coerente do que saírem de onde não estão sendo reconhecidos. E o grande e "inoxidável" José de Alencar os receberá muito bem. Apoiado!

Inácio Ribeiro disse...

Em 2002 o PSB vivia uma situação semelhante a de 2010, tinha alguns candidatos a governador altamente competitivos e um pré candidato a presidente, no caso o ex governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho. O Presidente do partido na época, Miguel Arraes deu a legenda para Garotinho se candidatar a presidência, com isso as candidaturas ao governo ficaram esvaziadas e o partido elegeu apenas 01 governador quando poderia ter eleito 05 caso, tivesse se coligado com o PT na época.

é o velho ditado "Cachorro que já foi mordido de cobra corre com medo de salsicha". Dessa vez o PSB fez diferente e elegeu 06 governadores demonstrando que a decisão de retirar uma candidatura presidencial sem chances em troca de apoio nos estados era a mais correta.